Estradas do Taboão e da Volta Fria terão obras do programa Novas Estradas Vicinais

A vice-prefeita Priscila Yamagami participou, na tarde desta quarta-feira (05/05), do lançamento do programa Novas Estradas Vicinais, do Governo do Estado. O evento aconteceu no Palácio dos Bandeirantes e contou com a participação do governador João Dória. Mogi das Cruzes será beneficiada com a recuperação da estrada do Taboão e a pavimentação da estrada da Volta Fria, que serão realizadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

“São duas obras muito importantes para Mogi das Cruzes, que acabam com cerca de 20 anos de espera. Elas vão oferecer mais qualidade de vida para a população e trazer mais desenvolvimento para o município. São mais de R$ 35 milhões em investimentos em nossa cidade”, afirmou Priscila, que esteve acompanhada do deputado estadual Marcos Damásio.

O processo licitatório para a recuperação da estrada do Taboão já está em andamento e a previsão é que os envelopes com as propostas das empresas interessadas sejam abertos nesta quinta-feira (06/05). Ao todo, 20 quilômetros entre o encontro com a rodovia Mogi-Dutra e o município de Santa Isabel receberão serviços de recuperação funcional, que compreende recapeamento da estrada, reparos na estrutura, restauração do sistema de drenagem e melhorias na sinalização. O prazo estimado para as obras é de 12 meses e o investimento previsto é de R$ 18,5 milhões.

A estrada do Taboão é uma via importante para o recebimento de matérias-primas e para o escoamento da produção das empresas localizadas no Distrito Industrial. A obra também auxiliará no desenvolvimento de Mogi das Cruzes, uma vez que o local é a principal área da Grande São Paulo para receber grandes indústrias e empresas.

A região do Taboão também receberá melhorias nas estradas Yoneji Nakamura e Mauro Auriccio, com serviços de pavimentação e drenagem, uma antiga reivindicação dos empresários do Distrito Industrial. A Prefeitura e o DER já celebraram um convênio para as obras e a administração municipal está fazendo a revisão dos projetos para a abertura da licitação. O investimento nos serviços das estradas Yoneji Nakamura e Mauro Auriccio é de R$ 10,8 milhões.

Volta Fria

Já na estrada da Volta Fria, o processo licitatório para a recuperação e pavimentação da via deve ser iniciado entre o final de maio e o início de junho, de acordo com as estimativas do DER. A via possui 11,66 quilômetros e liga a Via Perimetral à avenida Guilherme George, em Jundiapeba. O investimento previsto para a pavimentação da estrada da Volta Fria é de R$ 18,4 milhões.

O projeto também prevê a construção de uma nova ponte sobre o rio Tietê, que substituiria a atual, que é de madeira e permite apenas a passagem de um veículo por vez. Para esta obra, a previsão é de contratação de projeto executivo neste ano e início de obras para 2022.

Com as obras de recuperação, a estrada da Volta Fria deverá se tornar uma nova opção de ligação para as pessoas que trafegam entre a região central e o distrito de Jundiapeba. Além disso, o investimento também busca a melhoria da qualidade de vida da população da região da Volta Fria, que sofre com dificuldades de mobilidade urbana devido às condições da via, principalmente em períodos de chuva.

Também participaram do evento o vice-governador Rodrigo Garcia, o secretário-chefe da Casa Civil, Cauê Macris, o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, e o presidente da Assembleia Legislativa, Carlão Pignatari.